Palestra “O nó do amor” e Lançamento do livro “Topologia e Clínica Psicanalítica” com Ligia Gomes Víctora (2013)

Palestra "O nó do amor" e Lançamento do livro "Topologia e Clínica Psicanalítica" com Ligia Gomes Víctora (2013)

Palestra “O nó do amor” e Lançamento do livro “Topologia e Clínica Psicanalítica” com Ligia Gomes Víctora (2013)

O nó do amor

Conferência de Ligia Gomes Víctora[1]

Qual a relação entre o nó borromeano e as fórmulas da identificação sexuada?” – perguntaram a Lacan (1974)[2] no Seminário Les non-dupes errent, e ele, a partir desta questão, desenvolveu o que eu apelidei de nó do amor.

Seria, a grosso modo, de que maneira se mantêm juntos um homem e uma mulher, ou seja, um par de seres tão heterodoxos quanto o sujeito e o objeto do seu desejo?

A questão é – será que este nó dá conta de uma especificidade que possa, finalmente, justificar ou esclarecer a diferença sexual?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>